sexta-feira, março 10, 2006

E tu, aproveitas a vida?

É muito comum ouvir as pessoas dizer que querem aproveitar a vida.
Mas, afinal de contas, o que é aproveitar a vida? Para uns é matar-se aos poucos com as bebidas alcoólicas, fumo e outras drogas. Para outros é arriscar a vida em desportos perigosos, noitadas de orgias, consumir-se nos prazeres carnais...

Certo dia, um jovem que trabalhava numa repartição pública na companhia de outros colegas,que costumavam reunir-se todos os finais de trabalho para beber e fumar a vontade, foi convidado a acompanhá-los....
Quando ele disse que não bebia e que também não lhe agradava a fumaça do cigarro. Os demais riram dele e perguntaram, com ironia, se a religião não lhe permitia, ao que ele respondeu: "a minha inteligência é que me impede de fazer isso." E que inteligência é essa que não te permite aproveitar a vida? Perguntaram os colegas. O rapaz respondeu com serenidade: "e vocês acham que eu gastaria o dinheiro que ganho para me envenenar? Vocês consideram-se muito espertos, mas pagam para estragar a própria saúde e encurtar a vida, que para mim é preciosa demais"...

Observando as coisas sob esse ponto de vista, poderemos considerar que aproveitar a vida é dar-lhe o devido valor! É investir os minutos preciosos em atividades úteis e engrandecedoras. Quando realmente gostamos de alguma coisa, fazemos esforços para preservá-la. Assim também é em relação à vida... E não nos iludamos de que a estaremos a aproveitar acabando com ela...
Se achas que os vícios te poupam a existência, visita alguém que se está a despedir dela graças a um cancro de pulmão, provocado pelo cigarro... Conversa com quem entrega as forças físicas a uma cirrose hepática causada pelo alcool. Visita um infeliz que perdeu a liberdade e a saúde para as drogas que lhe consomem lentamente. Observando a vida através desse prisma, talvez tu mudes o teu conceito sobre "aproveitar a vida"...

4 comentários:

Anónimo disse...

Já sabia q pensavas dessa forma mas é sempre bom ler palavras tão sensatas.
Continua assim, com essa perspectiva inteligente da vida. Tudo de bom para ti, beijinhos

Ibraim disse...

Linda!
Para mim, aproveitar a vida é contigo.
Namorar, passear, apreciar lasanhas, descansar, ver paisagens naturais, jogar à bola na praia, sempre ao teu lado.
Não conheço mais ninguém que aproveite melhor a vida do que tu.

És Lindissima!
AMO-TE MUITO.
~
Ibraim

Nuno disse...

É assim que eu vejo a vida, é assim que deviam todos ver!
Já houve tempos em que achava que os outros é que viviam a vida porque faziam coisas que os faziam parecer grandes antes do tempo de o serem!
Estou no lado dos inteligentes que aproveitam a vida, não encurtando-a com "silent killers", mas prolongando-a dando-lhe o repectivo valor!
Se aos olhos de outros não sou "fixe" aos olhos de outros sou admirado, e para mim, ser admirao vale muito mais do que ser "fixe"...
Aquele discurso de: "Bebi para nao ficar mal" em mim nao cola, e admiro todos aqueles que fazem como eu!
Pode assim parecer que nao aproveito a vida, mas a verdade é que aproveito-a de verdade e o mais interessante, faço nela aquilo que gosto e não aquilo que os outros gostam!!
Isso é que é de valor!!

pnpo

PipoMan disse...

É muito bom saber, que existem pessoas com as ideias no lugar, e que, independentemente das circunstancias, nao se deixam influenciar pelos falsos amigos.